Cresce o número de evangélicos na América Latina
Segundo pesquisas cresce o número de evangélicos na América Latina que é considerado o continente mais católico do mundo. Durante do pontificado do Papa João Paulo II o número de evangélicos subiu de 5% para 10% do total da população.

Esse crescimento foi impulsionado pela limitação da Igreja Católica em acompanhar as tendências sociais, principalmente a migração para as cidades.

Trazido por missionários norte-americanos no século 19, o protestantismo adquiriu um toque latino-americano fazendo parte da realidade vigente trazendo maior inclusão aos moradores de bairros mais pobres e aos negros sul americanos.

Para contra-atacar, o Vaticano levou para a América Latina os grupos "carismáticos", que adotaram grande parte do estilo dos cultos evangélicos.

Essas pesquisam só vêem confirmar a necessidade da igreja se adequar a linguagem atual, mantendo os principios cristão, mas com uma linguagem que seja compreensível para o jovem atual, fazendo com que ele faça parte de uma sociedade menos religiosa e com mais principios cristãos de Fé, Esperança e Amor.
 
 
Leia também:

-
-
- " Cara Nova" na EPI

 

FotosColunas Notícias AvançadoExtensivoIntensivo Modular Perguntas FrequentesQuem Somos Visão